CIM, FMS e CAM‎ > ‎

Linguagem de programação - pág.4

CONTINUAÇÃO

Grupo 01 – Movimento e corte

O grupo 01 (modal) contém as instruções de movimento e corte da ferramenta, as mais utilizadas são G00, G01, G02 e G03.

G00 – Deslocamento rápido

Usa-se a instrução G00 para realizar o deslocamento da ferramenta até o ponto especificado na máxima velocidade de cada um dos eixos da máquina, ou seja, não é necessário especificar o avanço, pois a máxima velocidade será utilizada para alcançar a coordenada.

Esta instrução é utilizada para afastar ou aproximar a ferramenta da peça sem encostá-la, pois ao encostar-se a grande velocidade a ferramenta pode se quebrar, deslocar a peça do centro de giro e até mesmo retirá-la da placa no impacto.

Uma das vantagens de se realizar deslocamentos rápidos é reduzir o tempo de fabricação.

Figura 3.10.1: Instrução G00 para deslocamento rápido.

G01 – Interpolação linear

Usa-se a instrução G01 para realizar o deslocamento linear da ferramenta controlado de acordo com a velocidade estabelecida com parâmetro F até o ponto especificado na programação. Em tornos, geralmente o avanço definido pelo parâmetro F está em milímetros por revolução do eixo árvore. Obviamente os avanços controlados só devem ser especificados na programação após a peça estar em movimento, pois são movimentos de corte de material.

Quando a ferramenta já se encontra em determinada coordenada não é necessário repetir a coordenada, como mostrado no bloco N15 da figura a seguir.

Figura 3.10.2: Instrução G01 de interpolação linear com avanço controlado.

Exemplo de interpolação linear

Neste exemplo, para remover o material da região indicada e assim reduzir o diâmetro de 40mm para 30mm com várias passadas de uma ferramenta desbastando-se com a profundidade adequada.


Figura 3.10.3: Exemplo de interpolação linear com avanço controlado.

Supondo-se a profundidade seja de 1mm haverá a redução de 2mm no diâmetro a cada passada. No exemplo de programa a seguir foi dada ênfase apenas ao trajeto da ferramenta, desprezando-se demais instruções.

O2901                      (O______ – Número do programa.)

N05 G21;                  (N05 – Bloco número 5.)

(G21 - Estabelece unidade de medida, milímetro.)

N10 G28;                  (G28 – Move a ferramenta para local de troca.)

N15 M06 T07;          (M06 – Realiza a troca da ferramenta pela T07 (Desbaste Externo).)

N20 G00 X38 Z2 G97 M03 S800; 

                    (G00 – Move a ferramenta rapidamente para a primeira posição de usinagem X38 Z2)

                    (G97 – Estabelece rotação constante) (M03 – Liga árvore no sentido horário.)

                    (S800 – Define a rotação em 800 rpm.)

N25 G99 F0.15 G01 Z-20; (G99 – Define o avanço em mm/rotação.)

(F0.15 – Especifica o avanço em 0.15 mm/rotação.)

(G01 – Executa avanço controlado por F0.15.)

(Z-20 – Posição final de desbaste no comprimento.)

N30 X41;                  (X41 – Afasta a ferramenta da peça para o diâmetro X41.)

N35 G00 Z2;            (G00  – Move rapidamente a ferramenta até posição inicial no comprimento.)

N40 X36;          (X36  – Move rapidamente a ferramenta até posição inicial para a próxima passada.)

N45 G01 Z-20;         (G01  – Executa avanço controlado da ferramenta por F até Z-20.)

N50 X41;                  (X41 – Afasta a ferramenta da peça para o diâmetro X41.)

N55 G00 Z2;            (G00  – Move rapidamente a ferramenta até posição inicial no comprimento.)

N60 X34;                 (X34  – Move rapidamente a ferramenta até posição inicial no próximo diâmetro á ser desbastado.)

N65 G01 Z-20;        (G01  – Executa avanço controlado da ferramenta por F até Z-20.)

N70 X41;                           

N75 G00 Z2;

N80 X32;

N85 G01 Z-20;

N90 X41;

N95 G28 M05;        (G28 – Move a ferramenta para local de troca.)

                                 (M05 – Desliga o eixo árvore.)

N100 M30;              (M30 – Finaliza o programa e retorna ao início.)

No exemplo anterior algumas coordenadas são omitidas nos blocos, pois, a ferramenta já se encontra na posição desejada. Apenas os blocos em que G01 atua estão realçados.


Clique aqui <= VOLTAR A PÁGINA ANTERIOR





G02 / G03 - Interpolação circular (SF)

    As instruções G02 e G03 realizam a usinagem com interpolação circular e velocidade de avanço controlado através dos parâmetros de usinagem especificados. O avanço pode ser no sentido Horário (G02) ou Anti-Horário (G03), conforme o deslocamento realizado em torno do ponto central do arco mostrado nas figuras abaixo em azul, especificando-se o raio ou a posição do centro do arco com as distâncias dadas pelos arcos vetores I (paralelo a X) e K (paralelo a Z).

Horário – N20  G02  X....  Z.... R....

          Horário – N20  G02  X....  Z.... I.... K-....

Figura 3.10.4: Instrução G02  de interpolação circular com avanço controlado.

Anti-Horário   - N20  G03  X....  Z.... R....

Anti-Horário   - N20  G03  X....  Z.... I.... K....

Figura 3.10.5: Instrução G03 de interpolação circular com avanço controlado.

Nas linhas exemplo da figura anterior foi especificada a instrução G02 ou G03 e devem ser especificadas as coordenadas do último ponto a ser alcançado pelo arco (em vermelho) e o raio.

Quando são utilizados os arcos vetores especifica-se a instrução G02 ou G03, as coordenadas do último ponto a ser alcançado do arco (vermelho na figura anterior) e as distâncias entre o ponto inicial do arco (verde na figura anterior) e o centro do arco (azul na figura anterior) paralelamente aos eixos.

 Se os sentidos dos arcos vetores (azul na figura anterior) coincidirem com os sentidos dos eixos X e Z, os arcos vetores terão valores positivos, mas se divergirem terão valores negativos. O valor do arco vetor I não deve ser especificado como diâmetro.

Nas figuras a seguir se tem exemplos de programação com indicação do centro através dos parâmetros I, K ou R.


Figura 3.10.6: Exemplos de interpolação circular com arcos vetores I, K e parâmetro R.

Exemplo de interpolação circular

    No exemplo da figura a seguir se tem dois programas NC para usinagem da peça mostrada, um destes com uso das instruções G02 e G03 e a especificação das coordenadas do último ponto do arco (em vermelho) e o raio do arco. Logo abaixo, outro programa para usinagem da mesma peça com uso dos arcos vetores I e K.

Programa NC com o parâmetro R:

N15 G01 X26 Z0 F0.2

N20 G03 X33.5 Z-10.684 R6

N25 G02 X39.333 Z-27.918 R10

N30 G03 X50 Z-35.461 R8

N35 G01 Z-50

Programa NC com os arcos vetores I e K:

N15 G01 X26 Z0 F0.2

N20 G03 X33.5 Z-10.684 K-6

N25 G02 X39.333 Z-27.918 I6.25 K-7.806

N30 G03 X50 Z-35.461 I-2.667 K-7.543

N35 G01 Z-50

Figura 3.10.7: Exemplo de interpolação circular.

No segundo programa NC da figura anterior, onde se usam os arcos vetores pode-se perceber que é imprescindível a utilização dos algarismos após o ponto decimal até o milésimo, pois caso contrário, ocorreria erro na execução. E como não há coincidência entre os centros dos arcos e os eixos principais aparecem valores para I e K.

Lembrete: Os valores dos parâmetros I e K devem ser incrementais e ter sinal negativo ou positivo conforme concordância com o sentido dos eixos principais X e Z, respectivamente.

 

 

Direitos Reservados para Domingos F. O. Azevedo © - Agosto de 2013



DEMAIS INFORMAÇÕES SOBRE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CNC DE TORNOS
ENCONTRAM-SE NAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS => Clique aqui