CIM, FMS e CAM‎ > ‎

FMS - contin.

FMS - CONTINUAÇÃO
TECNOLOGIA DE GRUPO
    •O conceito de fabricação flexível significa que a célula pode produzir variados produtos, com um pequeno ou nenhum tempo de setup, e que a sequência de operações, designado por routing, para cada produto não é necessariamente igual.
       Tempo de Setup: Tempo despendido para configurar ou alterar a célula, por forma a prepará-la para receber uma nova produção (por exemplo, mudar as posições dos mordentes, mudar as ferramentas, mudar as garras do robô, etc.).
    •A tecnologia de grupo representa grupos ou famílias de peças ou produtos com características semelhantes em termos de geometria e de processos.
    •Alteração da configuração do layout da célula, preparando-a para otimizar a fabricação de novos itens (mudança da disposição física dos equipamentos, remoção e/ou adição de novos dispositivos).
    •Estas células apresentam uma grande desvantagem que é a dificuldade de manuseamento das máquinas e robôs, devido às grandes dimensões e elevado peso destes recursos pelo que só em poucos casos é que são utilizadas.

    
Figura 3.2.1: Sistema flexível de manufatura da Universidade do Kuwait.

TRANSPORTE
    O transporte de peças entre as células de manufatura é geralmente realizado por AGV acrônimo de Automatically Guided Vehicle, que em português significa Veículo Guiado Automaticamente. Estes veículos são pequenos carros sobre rodas que, geralmente, são controlados por microprocessadores embarcados e seguem trajetórias predefinidas, interligando as células de manufatura, armazenamento, inspeção, etc.


Figura 3.2.2: Exemplo de AGV industrial.

Figura 3.2.3: AGV e trilha implantados na Universidade de Mogi das Cruzes.


Figura 3.2.4: AGV desenvolvido por alunos na UMC.

 
 
 
Clique aqui <= VOLTAR A PÁGINA ANTERIOR


MANUFATURA AUXILIADA POR COMPUTADOR (CAM)

    CAM é o acrônimo de Computer Aided Manufacturing, com o significado em português de Manufatura Auxiliada por Computador. Com os softwares de CAM, se produzem programas com uma série de instruções que devem ser interpretadas pelo sistema de controle numérico e traduzidas em movimentos da ferramenta e comportamento funcional da máquina.
Significado e definição de NC e CNC:
NC é o acrônimo de Numerical Control, que significa Controle Numérico e CNC é o acrônimo de Computering Numerical Control, que significa Controle Numérico Computadorizado.
Consideram-se NC ou CNC as máquinas ferramentas dotadas de controladores e operadas por meio de instruções codificadas especificamente para o sistema de controle da máquina, que são os  controladores ou popularmente denominados comandos numéricos.
Controladores NC não permitem edição do programa,  apenas a execução do programa.
Controladores CNC permitem edição, criação, além da execução do programa.
Definição de máquina ferramenta (MF):
                É uma máquina que através de ferramentas possibilita a fabricação de peças, por meio de sua             movimentação mecânica.


RESUMO HISTÓRICO DAS MF COM NC

•1942 – John T. Parsons inicia os trabalhos para a Sikorsky Aircraft.
•1949 – Realiza-se um contrato entre John T. Parsons, MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e Força aérea norte-americana.
•1952 – (5 de maio) realizou um pedido de patente para sua máquina NC.
•1952 – (setembro) é apresentada publicamente a máquina do MIT.


Figura 3.2.5: Primeira máquina ferramenta com NC.
    A primeira máquina ferramenta com NC foi desenvolvida no laboratório de servo-mecanismos do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e apresentada publicamente em setembro de 1952.
    A máquina escolhida para implantação dos servo-mecanismos á serem controlados foi a fresadora Hydro-Tel da Cincinnati Milling Machine Company que passou a utilizar a programação conforme programado em fitas perfuradas.

 
Figura 3.2.6: Fitas perfuradas e leitora de fitas.

Figura 3.2.7: Exemplo de fita com furação para máquinas NC.















Direitos Reservados para Domingos F. O. Azevedo © - Agosto de 2013


   PRÓXIMA PÁGINA => Clique aqui